21/06/2020 – Produção do Mercedes-Benz Atron 1635 deve ser encerrada em 2020

Último caminhão bicudo ainda produzido no Brasil, o Atron 1635 da Mercedes-Benz deve ser descontinuado no segundo semestre de 2020. A série Atron teve o fim de sua produção anunciada em 2016.

Na época, o modelo Atron 2324 ganhou uma série especial composta por 60 unidades para declarar o fim do modelo, e, posteriormente, a Mercedes-Benz anunciou que a produção do cavalo-mecânico Atron 1635 continuaria.

O caminhão é equipado com motor OM 457 LA, de 12 litros, 345 cv e 1.450 Nm de torque, com CMT de 50 toneladas. Equipado com câmbio manual ZF 16S-1650 e eixo traseiro HL7, ficou conhecido pela robustez, baixo custo de manutenção e conforto da cabine.

De acordo com Roberto Leoncini, vice-presidente de vendas e marketing da Mercedes-Benz, em entrevista durante a Fenatran, o modelo já não consegue receber novas tecnologias, e continua em linha de produção por uma demanda muito específica, principalmente do transporte de minérios de Minas Gerais.

“O Atron 1635 é um produto com projeto antigo, que não consegue receber certas tecnologias. É um produto que a gente tem porque um segmento específico, os caçambeiros de Minas Gerais, adoram o caminhão, idolatram o caminhão, e a produção do modelo foi prolongada em função do que a gente escutou deles. Mas em algum momento ele vai acabar”, disse o executivo.

Como já chegou no limite de desenvolvimento, o caminhão também não vai receber mais investimentos, que poderiam esticar ainda mais a vida do Atron. O Atron 1635 é derivado do Mercedes-Benz LS-1935, que começou a ser produzido no início da década de 1990.

Neste ano, entre janeiro e setembro, a Mercedes-Benz vendeu 510 unidades do Atron 1635.

fonte:https://blogdocaminhoneiro.com/2020/06/producao-do-ultimo-modelo-bicudo-do-brasil-e-encerrada/